Cristão, candomblecista ou muçulmano? Crianças apresentam suas religiões e defendem respeito | Riobrasil Noticias

Cristão, candomblecista ou muçulmano? Crianças apresentam suas religiões e defendem respeito

Cristão, candomblecista ou muçulmano? Crianças apresentam suas religiões e defendem respeito

06/02/2023 18:45:00 | São Paulo | Fonte: Jornal em Destaque


Você tem uma religião? Como prática sua crença? A partir dessas perguntas, meninos e meninas de diferentes credos foram convidados pelo Radinho BdF a compartilhar preceitos e curiosidades da sua religião, apontando a importância de respeitar as diferenças e de combater a intolerância religiosa, um crime que tem sido recorrente em diversas regiões do Brasil nos últimos anos.

Por isto, a discussão desta edição do podcast infantojuvenil PRA GAROTADA fortalece o Dia Nacional de Combate a Intolerância Religiosa, celebrado em 27 de janeiro, com um marco de luta pelo direito de as pessoas praticarem sua fé, independentemente de qual seja.

Eu sou do Candomblé, da Nação Angola Congo. Intolerância religiosa é quando as pessoas não conhecem a nossa religião e nos tratam como se ela fosse ruim ou do mal. Isso não é legal”, diz Maya, que tem 10 anos e mora no Rio de Janeiro.

Dados do governo brasileiro apontam que uma denúncia de intolerância religiosa foi registrada a cada 15 horas no país, entre 2015 e 2019. A maioria deles foram contra religiões de matrizes africanas. Os rituais, as vestimentas e outros elementos que caracterizam as comunidades de terreiro ainda são pouco compreendidos e as crianças acabam sendo vítimas de racismo religioso, o preconceito com religiões ligadas a população negra.

Vale reformar que no Brasil, toda criança tem direito a exercer sua liberdade religiosa e a praticar a religião e a crença que escolher. Esse direito está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o documento que reúne todos os direitos e deveres dos meninos e meninas brasileiros. Ele foi criado há mais de 30 anos, com recomendações para o governo e para a sociedade na proteção das crianças, que devem ser prioridade nas decisões do país.

Continue lendo em jornalemdestaque

Compartilhe!




QR Code:


















© Copyright 2003 / 2024 | RIOBRASIL DESENVOLVIMENTO DE SITES, SISTEMAS E ENTRETENIMENTO

SITES DO GRUPO : www.riobrasil.net - riobrasil.com.br - rb1.online - rb1.site


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.