Após denúncia de racismo, colégio em SP expulsa alunos | Riobrasil Noticias

Após denúncia de racismo, colégio em SP expulsa alunos

Após denúncia de racismo, colégio em SP expulsa alunos

05/11/2022 18:35:00 | Região Sul | Fonte: Jornal em Destaque

O Colégio Porto Seguro em Valinhos, no interior de São Paulo, disse que expulsou alunos envolvidos em trocas de mensagens de cunho racista, nazista, homofóbico e misógino em rede social, depois que um advogado e ex-aluno da instituição enviou uma carta denunciando o caso à agência do governo da Alemanha responsável por escolas alemãs em outros países.

Em comunicado enviado à DW Brasil, a escola disse que repudia "toda e qualquer forma de discriminação e preconceito, os quais afetam diretamente nossos valores fundamentais".

Nesse sentido, o colégio aplicou aos alunos envolvidos as sanções disciplinares cabíveis nos termos do Regimento Escolar, inclusive a penalidade máxima prevista, que implica seu desligamento imediato desta instituição", diz a nota.

O caso ocorreu no domingo, após o resultado das eleições, quando um aluno negro de 15 anos foi adicionado a um grupo no WhatsApp chamado "Fundação Anti Petismo". No grupo com mais de 30 participantes, os estudantes trocam mensagens racistas, homofóbicas e de conteúdo nazista, além de compartilhar imagens e frases de Adolf Hitler e Benito Mussolini.

No grupo, os alunos defenderam a morte de nordestinos e a "reescravização do Nordeste" e organizaram uma manifestação golpista contra o resultado das eleições, programada para ocorrer no colégio no dia seguinte.

Ao ver uma publicação com a imagem de Hitler e os dizeres "Se ele fez com judeus, eu faço com petistas", o estudante negro alertou que aquilo era crime e foi bloqueado. Ele sofreu posteriormente ataques racistas no Instagram.

Na carta enviada na quinta-feira (03) à agência alemã, o advogado brasileiro Frederico Reichel pediu que medidas fossem tomadas rapidamente e ressaltou que uma escola de alunos de classe alta não poderia privilegiar ainda mais seus estudantes só para preservar a sua reputação institucional.

Por isso, peço encarecidamente que a agência exija do colégio uma estratégia clara para lidar e prevenir tais incidentes", finaliza a carta. Reichel foi aluno do Colégio Visconde de Porto Seguro de 1990 a 1998.

Continue lendo em jornalemdestaque

Compartilhe!




QR Code:


















© Copyright 2003 / 2024 | RIOBRASIL DESENVOLVIMENTO DE SITES, SISTEMAS E ENTRETENIMENTO

SITES DO GRUPO : www.riobrasil.net - riobrasil.com.br - rb1.online - rb1.site


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.