Roberto Alvim é massacrado na internet por discurso copiado de marqueteiro do nazismo | Riobrasil Noticias

Roberto Alvim é massacrado na internet por discurso copiado de marqueteiro do nazismo

Roberto Alvim é massacrado na internet por discurso copiado de marqueteiro do nazismo

26/01/2020 14:05:00 | Miguel Pereira | Fonte: Jornal em Destaque

Uma das primeiras medidas tomadas pelo presidente Jair Bolsonaro quando assumiu o governo foi a extinção de alguns ministérios sem importância, segundo ele. Entre eles estavam o do Trabalho e o da Cultura. Esta atitude deixou claro que a intenção do novo governo seria relegar as duas pastas a assuntos sem relevância.


Ao criar a Secretaria Especial de Cultura e atrela-la ao ministério do Turismo, impor censura à ANCINE, criticar a Lei Rouanet e discriminar artistas que se opõe às ações de governo e às suas reações intempestivas, Bolsonaro agiu como um menino mimado que se vinga de quem não quer brincar das brincadeiras sugeridas por ele.


Passado algum tempo, o presidente transferiu a secretaria para o ministério da Cidadania, nomeando Roberto Alvim, saindo da direção geral da FUNARTE e assumindo o cargo de secretário de Cultura. Ainda na Fundação Nacional de Artes, enquanto Carlos Vereza elogiava a escolha de Bolsonaro, como se já estivesse com olhar comprido para o cargo, Regina Duarte, desaprovou a nomeação.


Depois de criticar e ofender Fernanda Montenegro, por discordar da política cultural do atual governo, Alvim fez um vídeo institucional onde parafraseava uma campanha nazista feita pelo responsável pela propaganda de Hitler, Joseph Goebbeis, mudando, apenas, as palavras chaves. Foi o suficiente para que as reações nas Redes Sociais pressionassem Bolsonaro, que o demitiu, tentando se livrar do rótulo nazista, que já vem manchando sua atuação desde a Câmara dos Deputados. Foi, então, a vez de Regina Duarte entrar em cena, como convidada pelo presidente a ocupar o cargo recém vago. Segundo críticas na internet, Bolsonaro estaria trocando “seis por meia dúzia”, colocando alguém não muito diferente de Roberto Alvim. Segundo matérias veiculadas na internet, a atriz se identifica com as ideologias do atual governo por ter atividades no agronegócio, que vem sendo priorizado por Bolsonaro. Em meio ao “noivado” entre Regina e o governo, para sua nomeação para a secretaria de Cultura, vem à tona a notícia que ela estaria “enrolada” com a Lei Rouanet e que teria que devolver ao Fundo Nacional de Cultura a quantia de R$ 319,6 mil, por irregularidades na prestação de contas de uma peça produzida por ela com utilização do incentivo cultural.

Continue lendo em jornalemdestaque

Compartilhe!




QR Code:









Eventos fotografados em Miguel Pereira

Ver outros eventos fotografados em MIGUEL PEREIRA - RJ









© Copyright 2003 / 2024 | RIOBRASIL DESENVOLVIMENTO DE SITES, SISTEMAS E ENTRETENIMENTO

SITES DO GRUPO : www.riobrasil.net - riobrasil.com.br - rb1.online - rb1.site


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.